PortuguêsInglês

Procedimentos para pagamento das custas processuais

Procedimentos para pagamento das custas processuais

Consulte aqui os procedimentos a adoptar para proceder ao pagamento, revalidação e reembolso de Taxas de Justiça, através do Documento Único de Cobrança (DUC).


  • Autoliquidação de Taxas de Justiça

Com a entrada em vigor do Regulamento das Custas Processuais (R.C.P.) e da Portaria nº 419-A/2009, de 17 de Abril, foi adoptado o Documento Único de Cobrança (DUC) como instrumento para a concretização de pagamentos, o qual se encontra regulado pela Portaria n.º 1423-I/2003, de 31 de Dezembro.

Antes do pagamento de taxas de justiça, ou de quaisquer outras autoliquidações previstas na Lei, deverá ser emitido o respectivo DUC. Acessível aqui.

As instituições financeiras onde é possível proceder ao pagamento do DUC constam de circular do IGFIJ e da DGAJ. O pagamento por Multibanco e por Homebanking é realizado através da opção "Pagamentos ao Estado".

A comprovação do pagamento ou a entrega do documento comprovativo deverá ser feita junto do respectivo Tribunal - Art. 14.º, n.º 2 do R.C.P.

Para mais esclarecimentos poderá consultar:
 

  1. Procedimento para pagamento
  2. Perguntas e respostas

 

  • Revalidação de Taxas de Justiça


Para submeter um pedido de revalidação (art. 14.º, n.º 3 do R.C.P), e obter o "Comprovativo de Revalidação de Taxa de Justiça" deverá ser detentor de um "documento comprovativo do pagamento" (DUC devidamente pago) que já tenha ultrapassado o prazo de 90 dias e se encontre dentro do prazo de seis meses após a data do pagamento. Acessível aqui.

Poderá, ainda, emitir 2.ª via do "Comprovativo de Revalidação de Taxa de Justiça".
 

  • Reembolso de Taxas de Justiça e de Depósitos Autónomos


A funcionalidade que permite o pedido de reembolso de taxas de justiça nas condições previstas nos n.ºs 3 e 4 do art. 14.º do R.C.P. está disponível aqui.

Esta funcionalidade permite, também, o pedido de reembolso de “Depósitos Autónomos”.

Após ter efectuado o seu pedido on-line, deverá enviar para o Instituto de Gestão Financeira e de Infra-estruturas da Justiça, IP o documento comprovativo do pagamento através dos CTT ou por correio electrónico para o seguinte endereço reembolsos@igfij.mj.pt.

Os documentos apresentados via electrónica deverão ser enviados nos formatos previstos na Portaria n.º 114/2008, de 6 de Fevereiro.


Data: 09-09-2009
v. 2.4.1-1 | Última actualização: 30-08-2014 22:22:14 - © Ministério da Justiça 2002 - 2014